Pesquisar este blog

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

INTERNACIONAL x FLAMENGO: PROVÁVEIS TIMES.

Equipe de Jorge Jesus chega ao Beira-Rio com dois gols de vantagem (e nenhum sofrido no Maracanã) para o jogo da volta das quartas da Libertadores, nesta quarta-feira (28/8).

Duas grandes equipes em um duelo representativo a nível continental. Nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), o Beira-Rio será palco do jogo entre Internacional e Flamengo, pela volta das quartas de final da Libertadores. Quase 50 mil colorados são esperados para uma "remontada" em casa. 

Na ida, no Maracanã, o time de Jorge Jesus marcou dois gols em um intervalo de menos de cinco minutos no segundo tempo e, por 2 a 0, construiu uma bela vantagem para o confronto desta quarta-feira (28/8). Agora, o questionamento que fica é: como será a postura em Porto Alegre? Independente da escolha, o técnico português não contará com Willian Arão, suspenso. Cuéllar, outro volante titular e peça importante, retorna após afastamento da diretoria. Do outro lado, desde o apito final no Rio de Janeiro, o discurso do Inter converge para confiança na virada, sem desespero. Odair Hellmann, por exemplo, já falou que "o grupo todo está mobilizado". Neste fim de semana, o técnico, aliás, entrou com uma formação toda reserva, diferente do Flamengo (que atuou com time alternativo e venceu). Não deu certo: foi derrotado. 

O fato é que a história pela Libertadores será outra. O Internacional terá que vencer por 3 a 0 para não precisar dos pênaltis para avançar. O Flamengo, por sua vez, obrigará o Colorado a marcar quatro vezes no caso de um gol fora de seus aposentos. A promessa é de um jogo aberto e histórico.

Os ingressos para esta partida jã foram esgotados (50.250).

PROVÁVEL TIME DO INTERNACIONAL.
Marcelo Lomba, Bruno, Rodrigo Moledo, Cuestra e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick, D'Alexassandro e Welligton Silva, (Nico López), Paolo Guerrero.
Técnico: Odair Hellmann

PROVÁVEL TIME DO FLAMENGO
Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Felipe Luís, Cuéllar, Éverton Ribeiro e Arracaeta; Bruno Henrique e Gabigol.
Técnico: Jorge Jesus. 

Árbitro: Patricio Lostau (Fifa-ARG).
Assistentes: Juan Pablo Belati (ARG) e Gabriel (ARG)
Ábitro de Vídeo: Fernando Rapallini (ARG)
Fonte: Terra Esportes.