sexta-feira, 10 de setembro de 2021

ESPAÇO LIVRE

ROTATIVAS
O Presidente Bolsonaro, após discurso do 7 de setembro, onde ele impulsionado pelo o grande número de apoiadores, afrontou às instituições (STF/Congresso Nacional), ou seja, ameaçou a Democracia. O chefe do executivo nacional, dá um passo atrás, e numa demonstração escancarada de falta de habilidade política, recorre ao ex-presidente Michel Temer. Pasmem senhores, juntos (Bolsonaro/Temer), escreveram uma carta a nação, conteúdo da tal "carta". Nada mais que um reconhecimento explícito, da insanidade assustadora do presidente Bolsonaro. Menos mal, melhor apelar para Temer, do que botar mais um vez a culpa nos governadores. Surge a pergunta, o presidente convoca Temer para escrever? Seria Bolsonaro, analfabeto? Mas, agora ele (Bolsonaro), vai ter que dá explicações aos seus seguidores radicais. O tiro do discurso de 7 de setembro saiu pela a culatra. Hoje a palavra que está sendo soletrada pelo o presidente é HARMONIA. 
Esperamos, que os seus assessores o alertem que harmonia é com H.
"ATÉ BREVE" 

Pesquisar este blog