quinta-feira, 16 de setembro de 2021

POR CAUSA DA ESTIAGEM, O GOVERNO DE PERNAMBUCO DECRETA EMERGÊNCIA EM 61 CIDADES DO AGRESTE.

O decreto é válido até o mês de março de 2022.
O Governo de Pernambuco reconheceu, por meio de publicação no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (15/9), que 61 municípios do Agreste estão em situação de emergência por causa da estiagem. O decreto é válido por 180 dias, ou seja, até março de 2022, e permite que as cidades recebam recursos e auxílio para promover ações resolutivas.

No dia 4 de setembro, o governo estadual já havia decretado a situação de emergência em 55 cidades do Sertão. Estes dois levaram em consideração a previsão de redução das precipitações pluviométricas e a queda das reservas hídricas de superfície nas regiões, bem como os impactos ocasionados, decorrentes das perdas na agropecuária.

A decisão foi assinada pelo Governador Paulo Câmara (PSB) e o texto destaca que os moradores das localidades afetadas "não têm condições satisfatórias de superar os danos e prejuízos, haja vista a situação socioeconômica desfavorável da região".

"Compete ao Estado a preservação do bem estar da população e das atividades socioeconômicas das regiões atingidas por eventos adversos, bem como a adoção imediata de medidas para enfrentar situações emergenciais", dia trecho da publicação. 

LISTA DA CIDADES.
Agrestina, Águas Belas, Alagoinha, Altinho, Angelim, Belo Jardim, Bezerros, Bom Conselho, Bom Jardim, Brejão, Buíque, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Caetês, Calçados, Canhotinho, Capoeiras, Caruaru, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, Frei Miguelinho, Gravatá, Iati, Itaíba, Jataúba, João Alfredo, Jucati, Jupi, Jurema, Lajedo, Limoeiro, Orobó, Panelas, Paranatama, Passira, Pedra, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Salgadinho, Saloá, Sanharó, Santa Cruz do Capibatibe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Caetano, São João, São Joaquim do Monte, São Vicente Férrer, Surubim, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Terezinha, Toritama, Tupanatinga, Venturosa, Vertente do Lério, Vertentes.
fonte: NE10 interior.

Pesquisar este blog