Pesquisar este blog

terça-feira, 10 de julho de 2018

ESTUDO APONTA FRANÇA CAMPEÃ DA COPA DO MUNDO NA RÚSSIA.

França, Bélgica, Inglaterra e Croácia. Quatro seleções e apenas uma taça. Duas campeãs mundiais em busca do segundo título e outras duas atrás do feito histórico e inédito e levantar o troféu da Copa do Mundo. Um estudo desenvolvido pelo modelo matemático da Escola Matemática aplicada da Fundação Getúlio Vargas. Depois das eliminações de Brasil, Espanha, Portugal, Argentina e Uruguai, a probabilidade dos Blues cresceu ainda mais.

O time comandado por Didier Claude Deschamps tem 32%, ou quase um terço de soltar o grito da garganta no dia 15 de julho. A França não conquista um título em Copas do Mundo há 20 anos - venceu em 1998, no mundial sediado na sua própria casa. Por outro lado, a Inglaterra, que vive um jejum ainda maior. Não levanta o troféu há 52 anos - a primeira e única vez foi em 1996, na Copa sediada também em sua própria casa.

Segundo o estudo da FGV, a Bélgica tem 23% de ganhar esta Copa, a Croácia aparece com 21%. Uma simulação feita pela Fundação, já havia apontado a França como campeã e o Brasil eliminado pela Bélgica. Esta pesquisa, por sua vez, é ainda mais minuciosa, por levar em consideração quatro mil jogos entre 222 seleções desde o início da Copa que foi sediada no Brasil, em 2014.

"A probabilidade de acontecer um empate no jogo entre a Bélgica e França é grande. As chances do placar de 1 a 1 acontecer são de 12%. Já a desclassificação parece ser menos provável. O modelo matemático diz que a previsão da vitória belga por 2 a 1 é de 8%. Para o placar de 1 a 0 é de 7%", explicou o professor Moacyr Alvim.
Fonte/NE10.