Pesquisar este blog

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

VINTE NOVE ANOS SEM O REI DO BAIÃO.

Luiz Lua Gonzaga, faleceu no dia 2 de agosto de 1989 no Hospital Santa Joana no Recife, onde estava internado desde o dia 21 de junho do mesmo ano.
Cantor, compositor, instrumentista e criador de um estilo musical Luiz Gonzaga do Nascimento "Luiz Gonzaga" foi um dos mais importantes defensores da cultura nordestina, e da música popular brasileira.

Em suas músicas abordou temas ligados à vida sofrida no Sertão nordestino (injustiças, pobreza, sofrimento, costumes, e alegria do povo), o que fez com que Luiz Gonzaga fosse muito amado pelo povo do sertão, como ele costumava chamar. 

 Luiz Gonzaga nasceu na Fazenda Caiçara, na cidade de Exu, Sertão de Pernambuco, no dia 13 de dezembro de 1912. filho de Januário José dos Santos, o mestre Januário, "sanfoneiro de 8 baixos" e Ana Batista de Jesus. Luiz Gonzaga desde menino já tocava sanfona. Aos 13 anos, com dinheiro emprestado comprou sua primeira sanfona. 

Em 1929, por causa de um namoro, proibido pela família da moça, Luiz Gonzaga foge para a cidade de Crato no Ceará. Em 1930 vai para Fortaleza, onde entra para o exército. Com a Revolução de 30 viaja pelo país. Em 1933, servindo em Minas Gerais, é reprovado num concurso de músico para o exército e passa a ser o corneteiro da tropa. Tem aulas de sanfona com o soldado Domingos Ambrósio

Luiz Gonzaga deixa o exército. Foram nove anos sem dar notícias à família. Foi para o Rio de Janeiro e passou a se apresentar em bares, cabarés e programas de calouros. Em 1940 participa do programa de Calouros da Rádio Tupi e ganha o primeiro lugar, com a música "Vira e Mexe". Depois de 16 anos Luiz volta para sua terra natal, história inclusive que ele fez questão de musicalizar e gravar.

Em parceria com outros compositores, Luiz Gonzaga, compôs e gravou várias músicas que se tornaram grandes sucessos e são catadas até hoje: Asa Branca; A feira de Caruaru; A Triste Partida; Xote das meninas são algumas de centenas de outras que foram verdadeiros hinos da música brasileira. 

Luiz Gonzaga é internado no Recife, no Hospital Santa Joana, no dia 21 de junho de 1989, e no dia 2 de agosto falece.

Seu sepultamento aconteceu no dia 4 de agosto em Exu sua terra natal, diante de milhares de conterrâneos e fãs. 

ASA BRANCA - UM DOS MAIORES SUCESSOS DO REI DO BAIÃO.