sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

23 ANOS SEM O PADRE LIBERATO.

* 02/12/1956   + 11/01/1996

Hoje a Paróquia de Santo Isidro em Ibirajuba-PE, celebra os 23 anos de falecimento do Padre Liberato, Primeiro vigário da Paróquia.

Padre Liberato foi nomeado administrador paroquial de Ibirajuba em um ato solene presidido pelo Bispo Diocesano Dom Augusto Carvalho, no dia 22 de dezembro de 1989, e tomou posse no dia 25 de dezembro de 1989. Ficou na paróquia por 6 anos.


CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA DO PADRE LIBERATO
Padre João Liberato Pereira de Queiroz, é natural de Taquaritinga do Norte, filho de Antônio Liberato Pereira e Luísa Pereira de Queiroz, foi ordenado presbítero no dia 2 de dezembro de 1956 pela imposição das mãos de Dom Ricardo Ramos de Castro Vilela, Bispo Emérito de Nazaré da Mata, na Basílica de Nossa Senhora do Carmo, Recife-PE. 

Dedicou toda sua vida ao Sacerdócio, sendo propagador da devoção ao Sagrado Coração de Jesus em vários Estado do Brasil.
Nos primeiros 06 meses de 1959, assumiu a função de professor da Escola Apostólica da Vázea-seminário, membro dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Em junho de 1959 até fins de 1963, foi professor do Colégio de Jesus, em Palmeira dos Índios, no Estado de Alagoas.

Durante 25 anos, de janeiro de 1964 até novembro de 1989, permaneceu vigário da Paróquia de São José da Agonia em Água Preta, vinculada a Diocese de Palmares-PE, onde realizou extraordinária trabalho de fé e amor ao próximo. 

No dia 22 de dezembro de 1989, em ato solene de Ordenação Presbiteral do Padre Mário Alves Torres, presidida pelo Senhor Bispo Diocesano Dom Augusto Carvalho, de Caruaru, foi criada a Paróquia de Santo Isidro, em Ibirajuba-PE para a qual foi nomeado o primeiro vigário, que tomou posse no dia 25 de dezembro de 1989 e permaneceu na Paróquia durante 6 anos, onde realizou sua missão sacerdotal com brilhante trabalho junto a comunidade daquele município.
Muitas pessoas da cidade e cidades circunvizinhas receberam e continuam recebendo graças através da Pedre Liberato.

Faleceu em Caruaru, no dia 11 de janeiro de 1996, deixando para todos os paroquianos um exemplo de abnegação e humildade. Seu corpo foi velado na Matriz de Santo Isidro, onde recebeu as últimas homenagens. Foi sepultado no Cemitério local.

Após quatro anos depois do seu falecimento, no dia 11 de janeiro de 2000, seus restos mortais foram transladados do Cemitério local para a Igreja matriz de Santo Isidro, onde pode ser venerado até hoje.

Foi padre por vocação, muitas vezes falou aos fieis em suas homilias que seu desejo seria falecer ao redor do altar celebrando a Santa Missa.

A rodovia PE-149, trecho Altinho-Ibirajuba-Lajedo, recebeu o nome do Padre Liberato porque ele enquanto padre de Ibirajuba, e pensando no bem estar dos seus paroquianos, lutou muito para a pavimentação dessa estrado, inclusive indo várias vezes falar com o governador da época. O Projeto de Lei Ordinário n° 209/2007 e Parecer n° 536/2001 de Autoria do deputado estadual Esmeraldo Santos, denominou esse trecho da estrada de Rodovia Padre João Liberato Pereira de Queiroz.

Em Ibirajuba o Centro Pastoral da Paróquia leva o seu nome, e a praça da chegada da cidade.
Pesquisador: Clemildo Galdino.