terça-feira, 23 de abril de 2019

JUSTIÇA TRABALHISTA BLOQUEIA RECEITAS DO SPORT CLUB DO RECIFE.

Prestes a estrear pelo Campeonato Brasileiro da Série "B", o Sport se vê diante de uma situação delicada que pode comprometer a já fragilizada estabilidade financeira para a temporada 2019. Um mandato expedido na última segunda (22/4) pela 12ª vara da Justiça do Trabalho bloqueia de forma integral todas as receitas provenientes de patrocínio e cotas de TV que tenha a receber.

O mandato foi expedido pelo juiz Hugo Cavalcanti Melo Filho, com endereço à sede da TV Globo, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro da Série "B", competição que o Sport entre em campo na próxima sexta-feira, na Ilha do retiro contra o Oeste.

O valor estimado de cotas para a Série "B" 2019, gira entre R$ 8 e 8,8 milhões, a depender da comercialização dos direitos de transmissão para o mercado internacional.

Bloqueios do tipo acontecem, em geral, como medida jurídica preventiva para garantir o pagamento de valores referentes a ações movidas contra qualquer clube de futebol ou acordos sobre passivos. No caso do bloqueio imposto às receitas do Sport, porém, não há um processo específico citado no documento expedido pela Justiça, o que abre a possibilidade de que o bloqueio seja como garantia para mais de uma ação ou acordo descumprido.

O presidente do Sport, Milton Bivar, confirmou a existência do bloqueio, mas limitou-se a dizer que busca solução para o entreve, em reunião realizada na manhã desta terça-feira com os demais dirigentes do clube.
Fonte: NE10/Blog do Torcedor.