sexta-feira, 3 de agosto de 2018

PLENÁRIA ESTADUAL DO PT DECIDE POR CANDIDATURA DE MARÍLIA ARRAES.

O encontro estadual dos delegados do PT de Pernambuco nesta quinta-feira (2/8) terminou com a vitória daqueles que defendem a candidatura própria da vereadora Marília Arraes (PT) ao governo de Pernambuco. Dos 251 delegados presentes na plenária, 230 votaram pela candidatura de Marília, 20 votaram pela aliança com o PSB e uma abstenção.

Perguntada sobre o que representa essa vitória em sua luta para ser candidata em Pernambuco, Marília vibrou. "Finalmente nós tivemos a oportunidade de mostrar o que a base de Pernambuco quer. São 300 delegados que representam todos os filiados do PT. Então mostra que quando se constrói uma ideia, seja candidatura, seja um projeto da base, a gente tem muito mais consolidação e mostra efetivamente qual a melhor tática, a melhor aliança que é com o povo", afirmou confirmando que irá para São Paulo acompanhar a reunião do diretório nacional.

Para João Costa, ex-prefeito do Recife, o resultado de hoje será submetido à estratégia nacional do partido. "A direção nacional tem uma prioridade muito clara que é a eleição do presidente Lula. O resultado daqui é importante porque escuta a base do partido, escuta os seus militantes, mas essa decisão tem que se adequar a decisão final da estratégia para a gente eleger o presidente Lula. O encontro nacional no sábado vai avaliar essas posições e vai procurar articular com a decisão que o PT precisa pra eleger Lula", disse. 

Apesar da vitória de Marília no âmbito local, a decisão final será da Direção Nacional do partido que na última quarta-feira (1/8) sugeriu que os votos dos delegados locais seguissem a decisão tomada pela Executiva Nacional de apoiar a campanha à reeleição do governador Paulo Câmara (PSB), determinação que retira a pré-candidatura da vereadora da capital.

A executiva nacional do PT decidiu na última quarta-feira (1/8), por 17 votas a oito, apoiar Paulo Câmara, fechando aliança com o PSB. Apesar disso, os socialistas não integram oficialmente a chapa petista nacionalmente, condição que era colocada antes.
Fonte/NE10.