quarta-feira, 31 de outubro de 2018

JUSTIÇA FEDERAL DETERMINA ENVIO IMEDIATO DE SEGURANÇA POLICIAL PARA ALDEIA PANKARARU.

Segundo o MPF, o incêndio no território Pankararu foi motivado pela retirada de posseiros das terras indígenas em setembro.
A Justiça Federal em Pernambuco determinou o envio imediato de segurança policial para o território Pankararu, no Sertão do Estado, onde uma escola e uma unidade de saúde foram atingidas no início desta semana. O juiz titular da 38ª Vara Federal em Pernambuco, em Serra Talhada, Felipe Mota Pimentel de Oliveira, proferiu, nesta quarta-feira (31/10), a decisão na qual defere pedido do Ministério Público Federal (MPF) para disponibilização imediata de efetivo da Polícia Federal e Militar a fim de garantir a segurança na área, especialmente na aldeia Bem Querer de Baixo, em Jatobá, onde o ataque aconteceu. A pena para o descumprimento da decisão é de R$ 50 mil por dia.

Em petição, O MPF destacou o acirramento dos conflitos pela posse do território, principalmente após a retirada de alguns líderes posseiros no dia 13 de setembro deste ano, resultado na "ocorrência do incêndio criminoso nesta data de 28/10/2018, naquela localidade, mais especificamente no Posto de Saúde da Família e da Escola Municipal da aldeia Bem querer de Baixo, em Jatobá/PE.

Segundo o juiz Felipe Mota, "se mesmo após diversas notificações e comunicações - feitas tanto por este juízo como pelo Ministério Público Federal - não há, por parte da PM e da PF, efetivo e/ou logística aptas imediatamente dirimir a ameaça a integridade física do povo Pankararu, é chegado o momento de este juízo perquirir acerca da razoabilidade dos critérios que estão sendo utilizados por esses órgãos na elaboração de suas políticas de segurança. Ou seja, a questão não se encontra mais sob a proteção da discricionariedade administrativa dos citados órgãos, ganhando, evidentemente, contornos de ilegalidade, e, assim, estando sob a avaliação do Poder Judiciário". E pondera "Não se desconhece a atual situação de carência de recursos (humanos e materiais) com que convivem os órgãos da Polícia Militar e da Polícia Federal que atuam no Sertão Pernambucano. Tais órgãos, certamente, merecem reconhecimento pelo fato de atuarem como ordinariamente atuam diante de tal contexto de adversidade". 

O magistrado ressaltou ainda a posição do Poder Judiciário diante da situação. "Ressalte-se, ainda, que, não obstante não caber ao Poder Judiciário imiscuir-se (ou opinar) em questões tão delicadas (e complexas) como são aqueles referentes ao atual ambiente político do país (e muito menos cabe a um juiz qualquer forma de "empreendedorismo moral"), este juízo não pode simplesmente olvidar (e desconsiderar) a importância real e simbólica de se demonstrar à população - especialmente aos grupos vulneráveis como o são os indígenas! - que as instituições democráticas estão funcionando. E mais ainda: que estão atentas no sentido de imediatamente proteger e resguardar seus direitos constitucionais." 
Fonte/NE10.

Veja a matéria referente ao caso.



NOTA DE AGRADECIMENTO.

Através de Nota expedida nesta quarta-feira (31/10), a Juíza Eleitoral Juliana Rodrigues Barbosa e Chefe de Cartório Álvaro Pastor do Nascimento, da 048ª Eleitoral de Altinho e Ibirajuba, agradece a todos que colaboraram para a realização das eleições 2018 nos dois turnos.
Segua nota abaixo:

NOTA DE AGRADECIMENTO.

A Constituição Federal de 1988 assevera que todo poder emana do povo, cujo exercício se dá através de representantes eleitos pelo voto ou diretamente. Eis a nossa Democracia participativa!

Sabemos que a realização de uma eleição é fruto do envolvimento de vários atores que se somam à Justiça Eleitoral com o objetivo único de fazer valer a vontade dos eleitores nas urnas. Sem essa união de valores, não há eleição!

Nesse sentido, o Cartório Eleitoral de Altinho e Termo Eleitoral de Ibirajuba agradece a todos aqueles que colaboraram para a realização das Eleições Gerais de 2018, nos municípios de Altinho e Ibirajuba.

Com especial agradecimento a todos os mesários que atuaram perante este Juízo Eleitoral, cuja contribuição é sempre essencial para a realização das eleições. Esses colaboradores demostraram a capacidade de trabalhar em equipe no cumprimento da missão eleitoral. A todos vocês, meu muito obrigado!

Agradecer a toda a equipe do Cartório Eleitoral da 48ª ZE, composta pelos Servidores, Apoio Logístico e Técnicos de Urna, pelo incansável comprometimento e dedicação, cuja atuação nos comprova o verdadeiro espírito de equipe e profissionalismo. A esses profissionais, meu agradecimento especial.

Agradecer ao Promotor Eleitoral em Altinho, Dr. Geovany de Sá Leite, pelo compartilhamento da experiência e segurança no exercício da função eleitoral, ao Juiz Eleitoral Auxiliar, Dr. Márcio Bastos Sá Barreto e à Promotora Eleitoral Auxiliar. Dra. Gabriela Lima Lapenda Figueiroa que conduziram com maestria os procedimentos eleitorais no município de Ibirajuba.

Agradecer aos Chefes do Poder Executivo das cidade de Altinho e Ibirajuba pela presteza e colaboração no atendimento das requisições realizadas por este Juízo Eleitoral, demonstrando uma verdadeira harmonia entre os Poderes constituídos.

Agradecer ao Delegado de Polícia Civil em Altinho, Dr. Fernando Henrique Teixeira Elias e à sua equipe pela presteza, eficiência e dedicação com que atuaram junto a esta 48ª ZE.

Agradecer à Polícia Militar do Estado de Pernambuco, através do Comandante do 4° Batalhão de Caruaru, Tenente-Coronel Geovani Augusto Gomes Nascimento, do 2° Tenente Claudenor Ricardo Barbosa Pereira e do 2° Sargento João Paulo de Souza Araújo que atuaram em Altinho e do Major Flávio José Espínola Moura e Major Fábio Morais Martins Alves, Comandante e Subcomandante da 11ª CIPM, respectivamente, que atuaram em Ibirajuba, pela especial dedicação e atenção dispensadas a esse Juízo Eleitoral durante as eleições. 

Agradecer aos meios de comunicação, importantes parceiros da democracia, em especial, ao Altinho Show, à Rádio Altinho FM e à Ibirajuba Notícias que atuaram com imparcialidade e presteza nas solicitações feitas por este Juízo Eleitoral.

convictos da extrema dedicação de todos que formam este Juízo Eleitoral e da certeza do cumprimento de nossa missão, agradeço a toda a sociedade pela compreensão e colaboração com a Justiça Eleitoral.

Altinho, 31 de outubro de 2018.


Juliana Rodrigues Barbosa
Juíza Eleitoral

Álvaro Pastor do Nascimento
Chefe de Cartório Eleitoral 


Nota de agradecimento assinada.

NÁUTICO: ALAMBRADO DOS AFLITOS TERÁ MAIS DE 200 NOMES GRAVADOS.

Nesta semana o Náutico divulgou a lista dos torcedores que terão os nomes eternizados nos Aflitos. Até agora, 228 pessoas compraram um lugar nas placas de vidro do alambrado. Cada alvirrubro pagou um valor de R$ 600,00 por um espaço de 10x15 cm para ter o nome imortalizado no Eládio de Barros Carvalho. O valor arrecadado com a campanha denominada de Imortais dos Aflitos, será direcionada para finalizações de obras. 

São 407 placas de vidro instaladas no estádio e o torcedor que desejar ter o seu nome gravado, ou mesmo uma mensagem para homenagear o time no alambrado, pode encaminhar um e-mail para a ouvidoria do clube.
Fonte:NE10/blog do torcedor.

CNI VOLTA A SE MANIFESTAR CONTRA A EXTINÇÃO DO MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) manifestou-se hoje (30/10) contra a possibilidade de extinção do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Nesta terça-feira (20/10), o coordenador de economia da campanha de Bolsonaro, Paulo Guedes, confirmou a fusão das pastas da Fazenda, do Planejamento e da Indústria e Comércio. Guedes é apontado como futuro ministro da Economia no próximo governo. 

O presidente da CNI, Robson de Andrade, reiterou o posicionamento da instituição contra a extinção da pasta da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. “Tendo em vista a importância do setor industrial para o Brasil, que é responsável por 21% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional e pelo recolhimento de 32% dos impostos federais, precisamos de um ministério com um papel específico, que não seja atrelado à Fazenda, mais preocupada em arrecadar impostos e administrar as contas públicas”, disse Andrade, em nota. 

Para ele, uma indústria forte é o caminho para levar o Brasil para a rota do desenvolvimento econômico e social. “Nenhuma grande economia do mundo abre mão de ter um ministério responsável pela indústria e pelo comércio exterior forte e atuante”. Andrade enfatizou que tirar um ministério específico para o setor é ir na contramão da tendência de países como Inglaterra e Estados Unidos que, segundo ele, têm reforçado sua política industrial. 

Antes mesmo do segundo turno das eleições, a criação de um “superministério” da Economia já era uma possibilidade prevista no programa de governo do PSL, partido do presidente eleito Jair Bolsonaro.Na ocasião, a CNI manifestou-se contra a ideia. “Os ministérios da Fazenda e do Planejamento desempenham papéis específicos. Quem vai defender as políticas industriais?”, questionou, então, a CNI.
Fonte/Notícias ao Minuto.

BOLSONARO CONFIRMA CRIAÇÃO DE SUPERMINISTÉRIO DA ECONOMIA.

Após a primeira reunião em que foi tratada a transição de governo, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), decidiu manter o superministério da Economia. 

A nova pasta será formada pela junção de Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio Exterior e será comandada por Paulo Guedes. 

Embora essa estrutura já estivesse no plano de governo apresentado à Justiça Eleitoral, em entrevista recente, Bolsonaro admitiu que poderia manter a pasta de Indústria e Comércio Exterior separada, após sofrer pressão por setores da indústria. 

A fusão dos ministérios foi confirmada por dois futuros ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Guedes, ao deixarem a reunião. Eles confirmaram também que Agricultura e Meio Ambiente serão um único ministério.  

A decisão reflete uma nova mudança de Bolsonaro sobre a estrutura de seu governo. Antes do início da campanha, ele prometeu reduzir de 29 para 15 o número de ministérios. Entre o primeiro e o segundo turno, admitiu que poderia ter uma estrutura maior, ao reconhecer que poderia rever essas duas fusões. 

Lorezoni, que será o coordenador do governo de transição, disse que serão entre 15 e 16 ministérios, mas que ainda há indefinição sobre uma das pastas. Ele não quis detalhar qual e disse que isso deve ser divulgado até o fim da semana. 

Inicialmente ele não quis confirmar a manutenção do superministério da Economia. Coube a Guedes confirmar a fusão a jornalistas. 

O futuro ministro da área econômica mostrou-se irritado ao ser questionado sobre a mudança de planos e sobre a pressão de setores da indústria para que Comércio Exterior fosse uma pasta independente. "Nós vamos salvar a indústria brasileira apesar dos industriais", respondeu Guedes. 

Segundo Lorenzoni, Bolsonaro já tem uma lista dos futuros ministros, mas os nomes serão divulgados ao longo do processo de transição. Ele acrescentou que a prioridade é definir a estrutura de ministérios. 

O encontro ocorreu no Rio de Janeiro e teve a participação também do senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) e dos ex-dirigentes do PSL Gustavo Bebianno e Julian Lemos.
Fonte/Notícias ao Minuto.

terça-feira, 30 de outubro de 2018

GASOLINA MAIS BARATA NAS REFINARIAS.

A Petrobras anunciou a redução de 6,2% no preço da gasolina a partir desta quarta-feira (31/10). O litro do combustível passará a ser negociado a R$ 1,8623 nas refinarias da estatal, R$ 0,12 a menos do que o preço atual. 

No mês, a gasolina teve uma queda de preço acumulada de 15,96%, já que, em 30 de setembro, o litro do combustível era negociado a R$ 2,2159 -R$ 0,35 a mais do que o preço que será aplicado a partir desta quarta. 

Nesta terça (30/10), o óleo diesel já sofreu uma redução de preço de 10,07% e passou a ser vendido a R$ 2,1228 por litro.
Fonte/Notícias ao Minuto.

OPINIÃO.
Só não consigo entender uma coisa. Se a gasolina e o óleo diesel baixou nas refinarias, como é que o Conselho Nacional de Política Fazendária atualizou a tabela do PMPF com aumento dos combustíveis a partir do próximo dia primeiro de novembro. É a pergunta que se faz? 

Veja a reportagem do aumento da tabela.


segunda-feira, 29 de outubro de 2018

ESCOLA E PSF DE UMA ALDEIA DE ÍNDIOS FOI INCENDIADA NO SERTÃO DE PERNAMBUCO.

A comunidade indígena Pankararu, em Jatobá, no Sertão de Pernambuco, foi alvo de uma ação de vandalismo que destruiu a única escola e o único posto de saúde do local, na madrugada desta segunda-feira (29/10). 

A Polícia Civil de Pernambuco está investigando a motivação e os suspeitos do incêndio que destruiu a Unidade de Saúde da Família e a Escola Municipal de Jatobá. Uma equipe está realizando a perícia nos locais e será aberto um inquérito policial para investigar o caso, que está sobre o comando do delegado Daniel Angeli. A escola e o posto de saúde ficam na Aldeia Bem Querer de Baixo. 

“Hoje nosso povo acorda com uma escola e um PSF destruídos pelo fogo do ódio, preconceito e da intolerância. A Escola São José e o PSF, prédios da Prefeitura de Jatobá, localizados na aldeia Bem Querer de Baixo, foram criminosamente incendiados tendo praticamente perda total da estrutura física, móveis, documentos, equipamentos... Pouca coisa se salvou”, diz a postagem, que denunciou o crime no página Povo Pankararu no Facebook. 

Segundo a publicação na rede social, o posto de saúde realizava cerca de 500 atendimentos mensais da comunidade indígena. 
Fonte/NE10.

UM DIA APÓS A ELEIÇÃO, DÓLAR FECHA O DIA EM ALTA DE 1,51%.

Moeda americana encerrou o dia cotada a R$ 3,7068 para a venda.
A cotação da moeda norte-americana fechou o primeiro pregão após a eleição em alta de 1,51%, com o dólar cotado a R$ 3,7068 para venda. Pela manhã, a moeda norte-americana operava em queda de 0,35%, valendo R$ 3,642 por volta do meio dia. 

O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), encerrou hoje (29/10) em baixa de 2,24%, com 83.796 pontos, invertendo a tendência de alta na abertura do pregão, quando registrou 0,78%. 

Os papéis das principais empresas acompanharam a tendência de queda, com Petrobras encerrando o pregão em baixa de 4,67%, Vale com desvalorização de 4,50%, Itaú perdendo 2,02% e Bradesco com menos 2,32%.
Fonte/NE10.

COMBUSTÍVEIS E GÁS DE COZINHA IRÁ SOFRER REAJUSTES A PARTIR DE NOVEMBRO.

Os maiores aumentos serão no Ceará, e no Rio de Janeiro.
O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) atualizou a tabela com os preços de combustíveis a serem usados como o valor médio ao consumidor a partir de quinta-feira (1/11). O chamado preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) do óleo diesel aumentou em 13 estados e no Distrito Federal. O ato da secretaria-executiva do Confaz foi publicado hoje (29/10) no Diário Oficial da União. 

Os novos valores abrangem Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, São Paulo e o Distrito Federal. Os estados que efetivaram os maiores aumentos foram Ceará, de R$ 3,25 o litro para R$ 3,58 o litro, e Rio de Janeiro, de R$ 3,42 para R$ 3,67

O PMPF serve de base para o recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) feito pelas refinarias no ato da venda dos combustíveis aos postos de gasolina. 

Em relação ao óleo diesel, apenas o Maranhão efetivou uma pequena redução nessa nova tabela, de R$ 3,53 o litro para R$ 3,52. Considerando todos os estados, o PMPF do óleo diesel vai variar de R$ 2,81 o litro, no Espírito Santo, a R$ 4,45, no Acre.

GASOLINA
o preço médio da gasolina comum vai variar de R$ 4,30 o litro, no Paraná, a R$ 5,35, no Acre, a partir de 1º de novembro. O preço médio da gasolina comum aumentará em 14 estados: Alagoas, Amazonas, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul e São Paulo. 

Os maiores aumentos foram no Ceará, de R$ 4,17 para R$ 4,60, e em Minas Gerais, de R$ 4,87 para R$ 5,09. No caso da gasolina, tiveram redução no preço médio ao consumidor o Amapá, de R$ 4,35 para R$ 4,34, e o Distrito Federal, de R$ 4,89 para R$ 4,84.

Além da gasolina comum e do óleo diesel, a tabela do PMPF traz os preços de referência da gasolina premium (aditivada), diesel S10, gás liquefeito de petróleo (GLP - gás de cozinha), querosene da aviação, álcool etílico hidratado combustível (etanol), gás natural veicular (GNV), gás natural industrial e óleo combustível.

GÁS DE COZINHA
O gás de cozinha fica mais caro em sete estados e no Distrito Federal. Os aumentos mais expressivos foram em Minas Gerais, de R$ 5,52/kg para R$ 6,17/kg, e no Rio de Janeiro, de R$ 4,84/kg para R$ 5,41/kg. Mato Grosso e Roraima são os estados com o GLP mais caros do país, R$ 7,37/kg e R$ 7,07/kg, respectivamente.

Por outro lado, o gás de cozinha fica mais barato em cinco estados: Alagoas, Amazonas, Goiás, Maranhão e Rio Grande do Norte. Os estados com o GLP mais baratos são Espírito Santo (R$ 4,53/kg) e Sergipe (R$ 4,78/kg).

Em minas gerais o botijão de 13 kg passa de 71,76 para 80,21) e no rio de janeiro o botijão passa de 62,92 para 70,33.
Fonte/Notícias ao Minuto.






APURAÇÕES 2018: RESULTADOS DO 2° TURNO POR ESTADOS (REGIÃO NORTE)


NORDESTE
Seções: 37.044 
Eleitores: 11.535.728
Comparecimento: 8.855.338
Não votaram: 2.416.290

Jair Bolsonaro: 4.242.504 
Fernando Haddad: 3.933.015 
Brancos: 128.688
Nulos: 551.131
Votos Válidos: 8.175.519


TOCANTINS
Seções: 3.832 
Eleitores: 1.039.178
Comparecimento: 781.076
Não votaram: 258.102

Jair Bolsonaro: 356.684
Fernando Haddad: 371.593  
Brancos: 7.688
Nulos: 45.111
Votos Válidos: 728.277


PARÁ
Seções: 17.286 
Eleitores: 5.498.812
Comparecimento: 4.218.043
Não votaram: 1.280.769

Fernando Haddad: 2.112.769
Jair Bolsonaro: 1.742.188
Brancos: 60.908
Nulos: 302.178
Votos Válidos: 3.854.957


AMAPÁ
Seções: 1.632
Eleitores: 512.117
Comparecimento: 394.939
Não votaram: 117.178

Jair Bolsonaro: 185.096
Fernando Haddad: 183.616 
Brancos: 6.589
Nulos: 19.638
Votos Válidos: 368.712


RORAIMA
Seções: 1.172 
Eleitores: 333.576
Comparecimento: 270.651
Não votaram: 62.925

Jair Bolsonaro: 183.268
Fernando Haddad: 72.872
Brancos: 3.700
Nulos: 10.811
Votos Válidos: 256.140


AMAZONAS
Seções: 7.017
Eleitores: 2.428.821
Comparecimento: 1.909.279
Não votaram: 519.542

Jair Bolsonaro: 885.401
Fernando Haddad: 875.845 
Brancos: 29.353
Nulos: 118.680
Votos Válidos: 1.761.246


ACRE
Seções: 1.924
Eleitores: 547.590
Comparecimento: 399.129
Não votaram: 148.461

Jair Bolsonaro: 294.899
Fernando Haddad: 86.977
Brancos: 6.594
Nulos: 10.659
Votos Válidos: 381.876


RONDÔNIA
Seções: 4.181
Eleitores: 1.175.634
Comparecimento: 882.221
Não votaram: 293.413

Jair Bolsonaro: 594.968
Fernando Haddad: 229.343 
Brancos: 13.856
Nulos: 44.054
Votos Válidos: 824.311
Fonte/TSE.

APURAÇÕES 2018: RESULTADOS DO 2° TURNO POR ESTADOS (NORDESTE)



NORDESTE
Seções: 126.066
Eleitores: 39.219.329
Comparecimento: 31.420.415
Não votaram: 7.798.914

Fernando Haddad (PT): 20.289.812
Jair Bolsonaro (PSL): 8.824.454
Brancos: 439.013
Nulos: 1.867.136
Votos Válidos: 29.114.266


PERNAMBUCO
Seções: 19.797
Eleitores: 6.569.316
Comparecimento: 5.377.444
Não votaram: 1.191.872

Fernando Haddad (PT): 3.297.944

Jair Bolsonaro (PSL): 1.661.163
Brancos: 76.515
Nulos: 341.822
Votos Válidos: 4.959.107



BAHIA
Seções: 31.192
Eleitores: 10.391.945
Comparecimento: 8.200.327
Não votaram: 2.191.618

Fernando Haddad (PT): 5.484.901

Jair Bolsonaro (PSL): 2.060.382
Brancos: 107.203
Nulos: 547.841
Votos Válidos: 7.545.283



SERGIPE
Seções: 5.137
Eleitores: 1.577.191
Comparecimento: 1.264.754
Não votaram: 312.437

Fernando Haddad (PT): 759.061
Jair Bolsonaro (PSL): 364.860
Brancos: 21.087
Nulos: 119.746
Votos Válidos: 1.123.921


ALAGOAS
Seções: 6.387
Eleitores: 2.187.735
Comparecimento: 1.644.459
Não votaram: 543.276

Fernando Haddad (PT): 912.034
Jair Bolsonaro (PSL): 610.093
Brancos: 25.919
Nulos: 96.413
Votos Válidos: 1.522.127



PARAÍBA
Seções: 9.955
Eleitores: 2.868.023
Comparecimento: 2.407.269
Não votaram: 460.754

Fernando Haddad (PT): 1.451.293
Jair Bolsonaro (PSL): 782.143
Brancos: 36.933
Nulos: 136.900
Votos Válidos: 2.233.436



RIO GRANDE DO NORTE

Seções: 7.389
Eleitores: 2.373.876
Comparecimento: 1.943.331
Não votaram: 430.545

Fernando Haddad (PT): 1.131.027
Jair Bolsonaro (PSL): 652.562
Brancos: 29.990
Nulos: 129.752
Votos Válidos: 1.783.589


CEARÁ
Seções: 21.449
Eleitores: 6.343.848
Comparecimento: 5.158.343
Não votaram: 1.185.505

Fernando Haddad (PT): 3.407.526
Jair Bolsonaro (PSL): 1.384.591
Brancos: 78.178
Nulos: 288.048
Votos Válidos: 4.792.117



PIAUÍ  
Seções: 8.930
Eleitores: 2.370.422
Comparecimento: 1.946.971
Não votaram: 423.451

Fernando Haddad (PT): 1.417.113
Jair Bolsonaro (PSL): 422.095
Brancos: 20.914
Nulos: 86.849
Votos Válidos: 1.839.208




MARANHÃO
Seções: 15.830
Eleitores: 4.536.973
Comparecimento: 3.477.517
Não votaram: 1.059.456

Fernando Haddad (PT): 2.428.913
Jair Bolsonaro (PSL): 886.565
Brancos: 42.274
Nulos: 119.765
Votos Válidos: 3.315.478
Fonte/TSE



APURAÇÕES 2018: RESULTADO DO 2° TURNO POR ESTADOS (REGIÃO CENTRO-OESTE)


CENTRO OESTE
Seções: 34.503
Eleitores: 10.748.273
Comparecimento: 8.352.074
Não votaram: 2.396.199

Jair Bolsonaro (PSL): 5.163.023
Fernando Haddad (PT): 2.595.426
Brancos: 154.310
Nulos: 439.315
Votos Válidos: 7.758.449



MATO GROSSO DO SUL
Seções: 6.529
Eleitores: 1.877.747
Comparecimento: 1.449.977
Não votaram: 427.770

Jair Bolsonaro (PSL): 872.049
Fernando Haddad (PT): 465.025
Brancos: 27.014
Nulos: 85.889
Votos Válidos: 1.337.074



MOTO GROSSO
Seções: 7.247
Eleitores: 2.330.011
Comparecimento: 1.718.877
Não votaram: 611.134

Jair Bolsonaro (PSL): 1.085.824
Fernando Haddad (PT): 549.001
Brancos: 23.071
Nulos: 60.981
Votos Válidos: 1.634.825


GOIAS
Seções: 13.995
Eleitores: 4.454.429
Comparecimento: 3.491.824
Não votaram: 962.605

Jair Bolsonaro (PSL): 2.124.739
Fernando Haddad (PT): 1.118.060
Brancos: 59.568
Nulos: 189.457
Votos Válidos: 3.242.799


DISTRITO FEDERAL (BRASÍLIA)

Seções: 6.732
Eleitores: 2.086.086
Comparecimento: 1.691.396
Não votaram: 394.690

Jair Bolsonaro (PSL): 1.080.411
Fernando Haddad (PT): 463.340
Brancos: 44.657
Nulos: 102.988
Votos Válidos: 1.543.751
Fonte/TSE.

APURAÇÕES 2018: RESULTADOS DO 2° TURNO POR ESTADO (REGIÃO SUDESTE)


SUDESTE
Seções: 187.120
Eleitores: 63.903.242
Comparecimento: 49.514.102
Não votaram: 14.389.256

Jair Bolsonaro (PSL): 27.822.957
Fernando Haddad (PT): 15.016.238
Brancos: 1.327.407
Nulos: 4.818.207
Votos Válidos: 43.368.038


SÃO PAULO
Seções: 96.328
Eleitores: 33.042.569
Comparecimento: 25.846.143
Não votaram: 7.196.426

Jair Bolsonaro (PSL): 15.306.023
Fernando Haddad (PT): 7.212.132
Brancos: 746.949
Nulos: 2.581.039

Votos Válidos: 22.518.155



RIO DE JANEIRO
Seções: 33.901
Eleitores: 12.406.861
Comparecimento: 9.421.512
Não votaram: 2.985.349

Jair Bolsonaro (PSL): 5.669.059
Fernando Haddad (PT): 2.673.386
Brancos: 219.829
Nulos: 859.238

Votos Válidos: 8.342.445




ESPIRITO SANTO
Seções: 8.725
Eleitores: 2.754.749
Comparecimento: 2.178.945
Não votaram: 575.920

Jair Bolsonaro (PSL): 1.276.611
Fernando Haddad (PT): 747.768
Brancos: 51.580
Nulos: 102.536
Votos Válidos: 2.024.379



MINAS GERAIS
Seções: 48.166
Eleitores: 15.699.063
Comparecimento: 12.067.502
Não votaram: 3.631.561

Jair Bolsonaro (PSL): 6.100.107
Fernando Haddad (PT): 4.382.952
Brancos: 309.049
Nulos: 1.275.394

Votos Válidos: 10.483.059

ELEIÇÕES 2018: APURAÇÕES RESULTADO DO 2° TURNO POR ESTADOS (REGIÃO SUL)



REGIÃO SUL
Seções: 68.673
Eleitores: 21.399.040
Comparecimento: 17.590.806
Não votaram: 3.808.234

Jair Bolsonaro (PSL): 11.084.395
Fernando Haddad (PT): 5.152.685
Brancos: 429.934
Nulos: 923.792
Votos Válidos: 16.237.080


RIO GRANDE DO SUL
Seções: 27.274
Eleitores: 8.353.814
Comparecimento: 6.777.418
Não votaram: 1.576.396

Jair Bolsonaro (PSL): 3.893.737
Fernando Haddad (PT): 2.263.171
Brancos: 208.909
Nulos: 411.601
Votos Válidos: 6.156.908



SANTA CATARINA
Seções: 15.262
Eleitores: 5.073.146
Comparecimento: 4.217.534
Não votaram: 855.612

Jair Bolsonaro (PSL): 2.966.242
Fernando Haddad (PT): 940.724
Brancos: 88.680
Nulos: 221.888
Votos Válidos: 3.906.966



PARANÁ
Seções: 26.137
Eleitores: 7.972.080
Comparecimento: 6.595.854
Não votaram: 1.376.226

Jair Bolsonaro (PSL): 4.224.416
Fernando Haddad (PT): 1.948.790
Brancos: 132.345
Nulos: 290.303
Votos Válidos: 6.173.206
Fonte/TSE

domingo, 28 de outubro de 2018

APURAÇÃO 2018: GIRO DE RESULTADOS.

ALTINHO-PE:
Seções: 51
Eleitores: 16.007
Comparecimento: 13.125
Não Votaram: 2.882

100% das urnas apuradas.
Fernando Haddad (PT): 9.491
   Jair Bolsonaro (PSL): 2.622
Brancos: 161
Nulos: 851
Votos Válidos: 12.113.


AGRESTINA-PE
Seções: 56
Eleitores: 18.038
Comparecimento: 15.412
Não Votaram: 2.626

100% das urnas apuradas.
Fernando Haddad (PT): 11.191
     Jair Bolsonaro (PSL): 2.932
Brancos: 202
Nulos: 1.087
Votos Válidos: 14.123

Pesquisar este blog