Pesquisar este blog

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

COM 20 EXPULSÕES, FELIPE MELO JOGADOR DO PALMEIRAS CORRE O RISCO DE GANCHO PESADO.

Expulso na noite desta terça, no jogo em que o Palmeiras venceu o Grêmio por 1 a 0, em Porto Alegre, pelas quartas de final da Libertadores, Felipe Melo alcançou um número que não é cobiçado por ninguém. Somou 20 cartões vermelhos ao longo de sua carreira. A maioria por faltas violentas. 

Antes do desfecho da sua participação no clássico do Rio Grande do Sul, Felipe Melo havia sido expulso contra o Bahia, no dia 11 de agosto, pelo Brasileiro. Por este cartão vermelho, ele será julgado nessa sexta (23/8) e corre o risco de sobre uma punição mais pesada: suspensão de quatro a 12 partidas.

A 5ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) é que esta´com o caso.

A eventual punição só seria aplicada às partidas do Brasileiro. Felipe Melo, portanto, pode ser desfalque em vários compromissos do Palmeiras pelo campeonato. Ele foi denunciado no Art. 254-A* do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que trata de agressão física durante uma partida - de uma cotovelada em Lucca, do Bahia. 

Isso nada tem haver com sua nova expulsão, no confronto com o Grêmio. Quem vai cuidar dessa sentença é o tribunal da Confederação Sum-Americana de Futebol (Conmebol), com base no código disciplinar que rege a entidade.
Fonte: Portal Terra.

* Art. 254-A. Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente. (Incluído pela Resolução CNE n° 29 de 2009).
PENA: suspensão de quatro a doze partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de trinta a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoal natural submetida a este Código (Incluído pela Resolução CNE n° 29 de 2009). § 1° Constituem exemplos da infração prevista neste artigo, sem prejuízos de outros: