segunda-feira, 14 de setembro de 2020

MÚSICA BRASILEIRA DE LUTO. MORREU O CANTOR PARRERITO DO TRIO PARADA DURA.

 O sertanejo estava internado em um hospital desde o dia 29 de agosto quando contraiu o coronavírus.

Após complicação no rim e no coração, causadas pelo contágio por coronavírus, o cantor Parrerito do Trio Parada Dura, morreu na noite do domingo (13/9). Parrerito tinha 67 anos, era pré diabético e recebeu o diagnóstico para a covid-19 em 29 de agosto, quando foi internado num hospital em Belo Horizante, Minas Gerais. Ainda na unidade de saúde, o sertanejo sofreu um mal súbito e passou para a UTI em estado grave. Apesar disso, a causa da morte de Parrerito ainda não foi divulgada.

Leia abaixo o comunicado do Trio Parada Dura.

"É com muita tristeza e o coração apertado que informamos o falecimento do cantor Eduardo Borges, conhecido como Parrerito, ocorrido neste domingo, 13 de setembro, em Belo Horizonte (MG). Voz principal do Trio Parada Dura, Parrerito morreu por volta das 22 horas após complicações causadas pela Covid-19.

Parrerito foi internado há 16 dias no Hospital Unimed, em Belo Horizonte (MG), com sintomas do novo coronavírus e, por ser do grupo de risco pela idade e diabético, precisou ser mantido na UTI em estado grave. Batalhou muito, mas infelizmente não resistiu às complicações da doença.

Familiares e a equipe Trio Parada Dura agradecem todas as correntes de orações e fé formadas durante a luta de Parrerito pela vida. Elas mostrara o quanto ele era tão querido e estimado por todos. E é desta forma que vamos sempre lembrar dele. Igual a andorinha, Parrerito parte voando e deixa um Brasil inteiro já com saudade de sua voz que por quase quatro décadas marcou gerações no Trio Parada Dura. Ficará para sempre em nossos corações e na memória da música sertaneja.

Parrerito deixa mulher, filhas e netas que eram sua grande paixão. Vai com Deus Parrerito! Sentiremos muito sua falta.

Att. Equipe Trio Parada Dura."

Parrerito estava no Trio Parada Dura desde 1982, quanto entrou como substituto de seu irmão, Barrerito. Atualmente, Creone e Xonadão também fazem parte do grupo de música caipira.

Pesquisar este blog