segunda-feira, 3 de setembro de 2018

REDE DE POSTOS VAI PAGAR MULTA DE R$ 1 MILHÃO POR BOATOS.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, valor pode ser revertido para a saúde do Estado.
A rede de postos Petromega, responsável pela disseminação dos boatos sobre a falta de combustíveis na Região Metropolitana do Recife (RMR), vai ser multada no valor estimado de R$ 1 milhão. Quem garantiu foi o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (03/9).

Na entrevista, o secretário afirmou que a rede já foi notificada da multa. "A direção da empresa foi notificada para apresentar documentação exigida pelo PROCON e também foi informada da aplicação da pena da multa de R$ 1 milhão, independente da pena do processo criminal que ela vai responder", confirmou.

De acordo com ele, a secretaria propôs um acordo para que a rede reverta o valor da multa para o Estado. "Oferecemos logo uma alternativa, que é a de retornar esse dinheiro do combustível para a rede de saúde do Estado. Então vai ser assim: eles vão pagando em combustível para a saúde de Pernambuco até chegar o valor estimado da multa", frisou, sem dar detalhes de com vai ser aplicada.

O dono da empresa, André Pedrosa, afirmou que, mesmo com o boato, nenhum posto da rede praticou abuso de preço. "Foi constado em que nenhum momento houve prática de sobrepreço. Todas as notas fiscais provam. Então dizer a população que não acreditem em boatos. O abastecimento está normal". Explicou.
Fonte/NE10.