Pesquisar este blog

segunda-feira, 14 de maio de 2018

SEM LULA, BOLSONARO LIDERA, SEGUIDO POR MARINA E CIRO, MOSTRA PESQUISA.

Levantamento da CNT/MDA, divulgado nesta segunda-feira (14/5), ouviu 2.002 pessoas, entre os dias 9 e 12 de maio.
Pesquisa encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e realizada pela MDA mostra que Lula, mesmo preso, ainda lidera a corrida presidencial.

O petista aparece com 32,4% da preferência do eleitorado, seguido por Jair Bolsonaro (16,7%) e Marina Silva (7,6%).

O levantamento, divulgado nesta segunda-feira (14), ouviu 2.002 pessoas, entre os dias 9 e 12 de maio, em 137 cidades de 25 estados, nas cinco regiões do país. O nível de confiança do levantamento é de 95%.

Nos cenários sem o ex-presidente, Bolsonaro (PSL) assume o primeiro lugar, com 18,3%. Logo atrás vêm, tecnicamente empatados, Marina Silva (Rede), com 11,2%, e Ciro Gomes (PDT), com 9,0%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa - registrada no último dia 8, com o número BR-09430/2018, segundo os dados disponibilizados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) -, também testou o nome de Fernando Haddad (PT), ex-prefeito de São Paulo.

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa foi excluído, já que anunciou oficialmente que não concorrerá ao Planalto.

CONFIRA OS CENÁRIOS
Sem Lula, Barbosa e Temer.
• Jair Bolsonaro (PSL) - 18,3%
• Marina Silva (Rede) - 11,2%
• Ciro Gomes (PDT) - 9,0%
• Geraldo Alckmim (PSDB) - 5,3%
• Alvaro Dias (Podemos) - 3,0%
• Fernando Haddad (PT) - 2,3%
• Fernando Collor (PTC) - 1,4%
• Manuela D'Ávila (PCdoB) - 0,9%
• Guilherme Boulos (Psol) - 0,6%
• João Amoêdo (Novo) - 0,6%
• Henrique Meirelles (MDB) - 0,5%
• Flávio Rocha (PRB) - 0,4%
• Rodrigo Maia (DEM) - 0,4%
• Paulo Rabello de Castro (PSC) - 0,1%
• Branco/Nulo - 29,6%
• Indecisos - 16,1%,
No cenário de primeiro turno com Lula, o instituto colocou dois candidatos do mesmo partido, no caso o presidente Michel Temer (MDB) e o ex-ministro Henrique Meirelles (MDB), embora a lei eleitoral não permita que uma legenda lance dois nomes diferentes para disputar cargos no Executivo.

Cenário com Lula, Temer e Meirelles.
• Lula (PT) - 32,4%
• Jair Bolsonaro (PSL) - 16,7%
• Marina Silva (Rede) - 7,6%
• Ciro Gomes (PDT) - 5,4%
• Geraldo Alckmim (PSDB) - 4,0%
• Alvaro Dias (Podemos) - 2,5%
• Fernando Collor (PTC) - 0,9%
• Michel Temer (MDB) - 0,9%
• Guilherme Boulos (Psol) - 0,5%
• Manuela D'Ávila (PCdoB) - 0,5%
• João Amoêdo (Novo) - 0,4%
• Flávio Rocha (PRB) - 0,4%
• Henrique Meirelles (MDB) - 0,3%
• Rodrigo Maia (DEM) - 0,2%
• Paulo Rabello de Castro (PSC) - 0,1%
• Branco/Nulo - 18,0%
• Indecisos - 8,7%

Cenário reduzido com Alckmim.
• Jair Bolsonaro (PSL) - 19,7%
• Marina Silva (Rede) - 15,1%
• Ciro Gomes (PDT) - 11,1%
• Geraldo Alckmim (PSDB) - 8,1%
• Alvaro Dias (Podemos) - 2,5%
• Fernando Haddad (PT) - 3,8%
• Branco/Nulo - 30,1%
• Indecisos - 12,1%

Cenário reduzido com Meirelles.
• Jair Bolsonaro (PSL) - 20,7%
• Marina Silva (Rede) - 16,4%
• Ciro Gomes (PDT) - 12,0%
• Fernando Haddad (PT) - 4,4%
• Henrique Meirelles (MDB) - 1,4%
• Branco/Nulo - 31,7%
• Indecisos - 13,4%
Fonte/Notícias ao Minuto.