sexta-feira, 9 de novembro de 2018

11 ASSALTANTES DE BANCO SÃO MORTOS EM CONFRONTO COM A POLICIA DE ALAGOAS.

Foto; Divulgação Blog do Adielson Galvão.
Onze assaltantes morreram na tarde desta quinta-feira (5/11) em confronto com policiais na zona rural de Santana do Ipanema, a 207 quilômetros de Maceió-AL. A operação foi promovida pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic).

Segundo as informações da polícia, os onze mortos foram quem promoveram o assalto ao banco de Águas Belas-PE na madrugada da quinta-feira.

Segundo o delegado Fávio Costa, diretor do DEIC e um dos coordenadores da Operação Cavalo de Tróia, alguns dos integrantes do grupo de criminosos já estavam sendo investigados no estado. "Houve um assalto em Águas Belas e estávamos no encalço de alguns deles. Acabamos encontrando a residência onde estavam escondidos". 

Informações extra-oficiais diz que a quadrilha era composta por homens de Alagoas, Pernambuco, Pará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Bahia.

Também de acordo com a polícia, na casa onde os assaltantes estavam foram encontrados dois fuzis, quatro espingardas calibre 12, pistolas, coletes balísticos, munições, explosivos, dinheiro e outros materiais. Também teria sido apreendida uma caminhonete utilizada no assalto de Águas Belas.

A casa em que a quadrilha se escondia está localizada no povoado de Areia Branca, em Santana do Ipanema, sertão alagoano, a cerca de 35 quilômetros de Águas Belas. De acordo com o delegado, cerca de 30 agentes, contando com o apoio do agrupamento aéreo em um helicóptero, montaram o cerco no local. "Quando nós demos voz de prisão para que eles saíssem da casa, eles começaram a disparar", explicou. Na troca de tiros, não houve policiais feridos e nenhuma viatura foi atingida. "É um milagre estarmos vivos. A troca de tiros foi intensa" acrescentou um policial.
Foto: divulgação Blog do Adielson Galvão.